sexta-feira, 6 de março de 2009

"LETARGIA"



Hoje nada sei ou não queira nem saber
Não quero saber das estradas
Ou dos caminhos à percorrer

Não quero saber das horas
Nem dos dias e das noites
Não quero cuidar das rosas
Muito menos dos açoites

Não quero saber do tempo
Se chove ou faz calor
Não quero saber do vento
Nem ao menos do teu amor

Hoje não choro pelo que passou
Nem choro pelo que virá
Não quero saber quem sou
Nem esperar a dor passar.

Hoje quero apenas letargia
Sem nada querer ou pensar
Passar alheia como as nuvens
Em brisas suaves me deixar levar.

Serena


 
BlogBlogs.Com.Br