segunda-feira, 18 de maio de 2009

"MOMENTOS"



Coração de rocha,
Sofrido, mudo e calado
Perdido se vê e chora
Um choro sentido e abafado.
Desejosa por um momento apenas
Um momento e nada mais
Por dias e noites serenas
E uma vida inteira de paz.
O destino trama meus dias
E dele tenho pavor
Mas ainda assim insisto
E sequiosa sigo...falando de amor.
Serena.

4 comentários:

Xana disse...

Essa pedra pode ser amaciada e voltar a ser fofinha de novo para abarcar todo o amor:)
beijinhos querida
boa semana

António Rosa disse...

A propósito de um post que escrevi sobre Vulcano, citei e linquei este seu blogue, que aprecio muito e do qual sou visitante regular.

António

António Rosa disse...

Olá. Cá estou outra vez! Muito agradecido pelo link. Este seu blog também está na minha «Comunidade».

Lendo o seu poema - vivemos eternamente a fragilidade do amor. For ever.

abraço

REGGINA MOON disse...

Momentos!

Maravilha!!Vou postar no meu Blog esse Poema lindo!
Parabéns!!

Beijos,

Reggina Moon

 
BlogBlogs.Com.Br