sábado, 16 de janeiro de 2010

"IRMÃO HAITIANO"







Pelas ruas entre os escombros
chora a criança assustada,
Traz o irmãozinho nos ombros
Procurando a mãe soterrada.

Entre as ruínas, um grito abafado
É mais um irmão que geme e que chora
Por baixo das pedras...corpo mutilado
Ora, roga à Deus e implora.

Meus olhos não querem enxergar
tanta dor e destruição
Mães sem filhos pra beijar,
corpos estendidos pelo chão.

Nas ruas um cenário de guerra
Só que dessa vez sem inimigo
Pelo chão o sangue banhando a terra
Gente gritando querendo abrigo.

Do que ali restou,a vida se fez ausente,
Minha alma de poeta chora e sofre também
Calo pelos mortos e pelo irmão sobrevivente
E Pelo povo sofrido que das mazelas virou refém.

Serena.

8 comentários:

Sandra disse...

Momentos muitos dificieis esses.
O mundo está de luto..
Todos os dias tem novas situações acontecendo por lá.
Hoje conforme o Jornal, novos tremores foram sentidos lá.

Tudo é muito triste.

AMIGA!
VENHO LHE OFEREER UM LINDO SELINHO DAS MULHERES PODEROSAS. É O QUE TODAS NÓS SOMOS. GUERREIRAS, INTELIGENTES E FORTES.
PASSE LÁ.
ESPERO QUE GOSTE. A CURIOSA FICARÁ MUITO FELIZ SE VC. RECEBER.
UM GRANDE ABRAÇO.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

António Rosa disse...

CONVITE

Segunda-feira, dia 25 Janeiro, vai ser publicada no meu blogue 'Cova do Urso', a entrevista colectiva ao Marcelo Dalla, em que várias bloguistas colaboram enquanto entrevistadoras.

Deixo aqui a lista das entrevistadoras, pois alguma delas pode ser sua amiga ou vizinha na blogoesfera. Por ordem das perguntas na entrevista:

Cristina Siqueira - O Livro Sagrado da Sacerdotisa
Anorkinda - Neide Escada da Rosa
Maria de Fátima - O Portal Mágico
Cris França - Canto do Contar Contos
Angela - Entremeios
Tina - Semeadora de Luz
Renata Maria Parreira Cordeiro - Eu e Daí?
Sônia Beth - Astros e Estrelas
Siala Ap Maeve - Eridanis
Glorinha Leão - Café com Bolo
Sônia Nunes - Gentil Carioca
Tânia Resende - Afirmações de Luz
Maria Paula Ribeiro - BandarraVet

Então, até segunda, no 'Cova do Urso'. Vamos todos passar bem e confraternizar. O Marcelo e eu estaremos presentes, nos comentários, a interagirmos com todos.

Abraço,

António Rosa

Sarah El Khouri disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sarah El Khouri disse...

Muito triste e lindo o poema. É doloroso lembrar que em redor de nossos passos, perto ou longe de nós estao pessoas nestas condições. Este poema soou como um lamento e um chamado para repararmos nessas pessoas e quem sabe poder auxiliá-las.
Ah, eu estava com saudades daqui. Eu andava meio sumida.
té mais. te convido a vizitar meu blog e tomar um cafezinho rrsrs

Sarah El Khouri disse...

Muito triste e lindo o poema. É doloroso lembrar que em redor de nossos passos, perto ou longe de nós estao pessoas nestas condições. Este poema soou como um lamento e um chamado para repararmos nessas pessoas e quem sabe poder auxiliá-las.
Ah, eu estava com saudades daqui. Eu andava meio sumida.
té mais. te convido a vizitar meu blog e tomar um cafezinho rrsrs

Sandra disse...

TAMBÉM PASSO POR AQUI, PARA DEIXAR O MEU CARINHO, AFETO.
ÉS UMA PESSOA MUITO ESPECIAL.
COM MUITO CARINHO DEIXO UM GRANDE BJ PARA VC. SERENA.
ATÉ MAIS.
SANDRA

Léo Metallica disse...

Que triste Serena.

É verdade, imagino quantos filhos ficaram orfãos e quantas mães ficaram orfãs de seus filhos também.

Penso eu que ainda tem "HUMANOS" que visam estas tragédias como meio de arrecadar granas para os próprios bolsos. Porque se for botar no lápis aí quantas destas milhões de ONG's que estão arrecadando dinheiro para as tragédias do Haiti são realmente comprometidas com causas sociais.

Eu não entendo de política mundial, mais penso eu que a ONU deve ter um fundo monetário bancado por países desenvolvidos que ajudariam nestas catástrofes.

Ou eu não quero acreditar que a ONU é só mais um joguete de intervenção partidária a favor deste ou daquele país.

Esse é o nosso mundo.

Direto da Terrinha.
Beijos linda.

Sonhadora disse...

Minha querida
Triste e belo poema.
Passei para deixar um beijinho.

Sonhadora

 
BlogBlogs.Com.Br