sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

"ALMA VAZIA"


Hoje amanheci com aperto no peito

Saudade, solidão, sei lá o quê

Resolvi sair...pegar um ar

Olhar sombrio, coração à sofrer


Vejo crianças correndo,

Pessoas felizes demais.

Felicidade hoje me agride

Tristeza hoje é meu cais.


Triste sou sem motivo

Minha companheira é a dor

Talvez seja a encarnação

De um poeta triste

Ou de alguém que nunca amou.


A felicidade zomba dos meus ais

E tudo que faço não tem graça

Por quê sou assim ?

Fico comigo à cismar,

Felicidade não existe pra mim,

Ou talvez tenha só que te encontrar?


Serena.



7 comentários:

Isa disse...

Passei para deixar um mimo no teu coração.
beijoo.
isa.

Gaspar de Jesus disse...

Olá Serena
Vim visitar seu LINDO ESPAÇO POÉTICO.
A minha amiga é uma Poetisa e tanto, pelo menos eu gosto muito!
Nota-se que a Serena tem uma dorzinha no seu coração, pelo menos seus lindos Poemas refletem isso.
Estou aqui para formular votos sinceros que seu coração alcance toda aa felicidade do mundo.
PARABÈNS por este belissimo espaço de partilha.
Votos de excelente fim de semana
Gaspar de Jesus

LuzdeLua disse...

Senhor,
quero neste Natal
armar uma árvore dentro do meu coração
e nela pendurar,
em vez de presentes,
os nomes de todos os meus amigos.
Os amigos de longe e os de perto.
Os antigos e os mais recentes.
Os que vejo a cada dia e os que raramente encontro.
Os sempre lembrados e os que as vezes ficam esquecidos.
Os constantes e os intermitentes.
Os das horas difíceis e os das horas alegres.
Os que sem querer magoei ou, sem querer me magoaram.
Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles que me são conhecidos apenas pelas aparências.
Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo.
Meus amigos humildes e meus amigos importantes.
Os nomes de todos os que já passaram pela minha vida.
Uma árvore de raízes muito profundas,
para que seus nomes
nunca mais sejam arrancados do meu coração.
De ramos muito extensos,
para que novos nomes,
vindos de todas as partes,
venham juntar-se aos existentes.
De sombra muito agradável,
para que nossa amizade seja um momento de repouso,
nas lutas da vida.

Que o Natal esteja vivo
em cada dia do Ano Novo que se inicia,
para que as luzes e cores da vida
estejam presentes em toda a nossa existência,
e concretizem com a ajuda de Deus,
todos os nossos desejos.

Feliz Natal!
Beijos com carinho

Branca disse...

A felicidade existe pra todos...

Lindo seu cantinho!
Bom Natal pra ti,
Branca.

Jorge C. Reis disse...

Há dias em que bate uma tristeza!!!...
Assim somos todos, sem excepções.
A vida tem altos e baixos.
Há que aproveitar bem os altos e deixar que os baixos não perdurem.
Bj
Jorge

blogdocatarino.com disse...

Bela poesia, mas o tema tristeza não merece ser cantado. A alegria é muito melhor.
Vim agradecer sua visita e comentário deixado no meu blog.
Temorei porque estava viajando.

catadoradepalavras disse...

Você conseguiu escrever exatamente o que eu sentia neste dia e não fui capaz de colocar em palavras...

 
BlogBlogs.Com.Br