sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

"A OUTRA"


Acordei com tristeza no olhar

Só...sem você em meu leito

Chuva fina caindo lá fora

Aqui dentro esta dor no meu peito


Quando você comigo está

Faço festa, sou criança

Alegria me invade,

Fantasio esperança


Somos amantes perfeitos

Chama arde a mesma paixão

Juras de amor eterno

Me inflama o coração.


Mas logo a noite vem

E com ela a solidão

Vejo você apressado

Saindo batendo o portão.


Ser a outra dói demais

Tenho só pequenas porções

Madrugada longa e vazia

De você só restou recordações.


Serena.

5 comentários:

Isa disse...

Lindo,mas tão triste,Amiga querida.
Beijoo.
isa.

Jorge C. Reis disse...

Cuidado !!! Não deixemos que uma ilusão nos faça caminhar para o abismo.
Bj
Jorge

Gaspar de Jesus disse...

Estou a ficar FÂ dos seu lindos Poemas.
Parabéns
Claro que apreciei a Foto da mulher em sua cama.
Bjs
G.J.

UIFPW08 disse...

Cáspio que este belo poema
Serena cumprimentos você é um amor ..

ivan alves de lima disse...

adorei as fotos. você que é mulher coloque fotos de mulher, que, no fundo são você em diversas vidas. dragão e escorpião é, em si, uma combinação já poética. lide que essa poesia que já existe em você e se exponha profundamente, vocÊ pode, é só achar a forma.

 
BlogBlogs.Com.Br